Pixels – O Filme tem Mini Cooper S
27 de julho de 2015
Roubo de carga: a “pedra no sapato” do setor de transporte
30 de julho de 2015

A Porsche brilha com novos recordes no primeiro semestre de 2015

Com novos valores recordistas para entregas, vendas e faturamento, a Dr. Ing. h.c. F. Porsche AG registra o melhor resultado no primeiro semestre da história da empresa. O fabricante de carros esportivos entregou 113.984 veículos nos seis primeiros meses do ano fiscal de 2015, um aumento de 30% em comparação com o mesmo período do ano anterior. O faturamento teve um aumento de 33%, chegando a 10,85 bilhões de euros. O lucro operacional ultrapassou o valor de 2014 em 21%, e alcançou 1,70 bilhões de euros. O número de funcionários também teve um crescimento de 10%, chegando 23.477 colaboradores.

Matthias Müller, Presidente da Diretoria Executiva da Porsche AG, deu razões para este grande sucesso citando especialmente a atraente gama de produtos da marca Porsche. “Todos os modelos e versões que lançamos recentemente nos mercados demonstraram ser líderes de vendas”, comenta Matthias Müller. “Isto diz respeito tanto ao recém-lançado modelo Macan quanto às novas versões GT com o 911 GT3 RS e o Cayman GT4, além das novas versões GTS com o 911 Targa GTS, o 911 Carrera GTS e o Cayenne GTS”. Mesmo com o atual momento, difícil, do mercado chinês, os valores de vendas da Porsche continuaram a subir, acrescentou Matthias Müller, e explicou isso ao declarar que: “Conquistamos muitos novos clientes com o novo Macan também na China. O SUV é exatamente o modelo certo na época certa”.

Em vista deste resultado, Lutz Meschke, Diretor Executivo de Finanças e Informática da Porsche AG, indicou os efeitos positivos exercidos pela taxa de câmbio. Eles ajudaram a diminuir o ônus trazido pelos investimentos altos que foram feitos em futuras tecnologias e na expansão das fábricas. Com um abrangente pacote de medidas, a Porsche investirá mais de um bilhão de euros em Zuffenhausen e Weissach até o ano de 2020. A Porsche está gastando outro meio bilhão de euros na atual ampliação da fábrica de Leipzig.

Em sua análise, Lutz Meschke estava otimista de que a Porsche ultrapassaria o resultado do ano anterior mais uma vez no ano fiscal de 2015 e alcançaria a meta que estabeleceu para si mesma de 15% de retorno nas vendas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *