Tecnologias futuras da Porsche em um teste de resistência
9 de junho de 2015
PEUGEOT 208 chega ainda mais completo na linha 2016 e pelo mesmo preço das versões 2015
11 de junho de 2015

BMW apresenta segunda geração do X1, Estreia mundial marcada para setembro no Salão Automóvel de Frankfurt

BMW adiantou-se quatro meses e revelou ao mundo pela primeira vez a segunda geração do SUV X1. O novo modelo tem estreia mundial agendada para o mês de setembro no Salão Automóvel de Frankfurt.

O X1 foi totalmente renovado e recebe a plataforma UKL, à semelhança do que acontece nos modelos Série 2 Active Tourer e Gran Tourer. De forma a oferecer um maior espaço interior e melhorar a segurança do veículo, os motores da segunda geração do SUV passam a ter um posicionamento transversal e, além disso as versões base do modelo passam a ser de tração dianteira e não de tração traseira como acontecia no X1 original.

Desde logo o novo SUV compacto apresenta um design com linhas mais marcadas, com uma frente mais arrojada, com faróis angulares com luzes diurnas LED e faróis de nevoeiro redondos. Um capot mais recortado, arcos das rodas mais proeminentes, proteção adicional nas soleiras e um aumento da distância ao solo diferenciam o novo X1 do veículo que vem substituir.

O novo X1 sofreu também algumas alterações no que toca a dimensões. A nova geração é 36mm mais curta, 21mm mais larga e 53mm mais alta, com um comprimento de 4439mm. 1821Mm de largura e 1598mm de altura. A distância entre eixos aumentou 90mm e os espaço de carga cresceu 85 litros para 505 litros, um valor que aumenta para os 1550 litros com os bancos rebatidos.

Pelo facto de passar a utilizar a plataforma UKL, a equipa de design da BMW foi desde logo obrigada a alterar as formas do X1. Por esse motivo a segunda geração tem um capot mais curto e uma linha de tejadilho mais comprida do que o modelo anterior. O veículo mantém a configuração de cinco portas, mas a abertura das portas traseiras foi aumentada de forma a facilitar a entrada dos passageiros.

Gama de motores totalmente nova

Para o novo X1 a BMW preparou uma gama totalmente nova de motores, composta por duas unidades a diesel e duas a gasolina, ambas com 2.0 litros de cilindrada e tecnologia TwinPower Turbo. Além destes motores que serão lançados em setembro, a marca alemã vai ainda lançar em novembro duas versões com motor de três cilindros: o X1 sDrive18i de 136cv e o sDrive16d de 116cv. Apesar de ainda não ter sido oficialmente confirmado, a BMW estará também a trabalhar numa versão M para competir com o Audi RS Q3 e o Mercedes GLA 45 AMG.

Equipado no X1 xDrive25i está um motor com 231cv e 350Nm de binário que consegue levar o X1 até aos 100km/h em 6.5 segundos. Com o auxílio da nova caixa automática de oito velocidades Steptronic o X1 xDrive25i tem um consumo médio entre os 6.6 e os 6.4 litros/100km, com emissões de CO2 152g/km.

Tanto o  X1 xDrive20i como o X1 sDrive20i são movidos pela versão de 192cv do novo motor de quatro cilindros a gasolina com um binário máximo de 280Nm. Enquanto que o X1 xDrive20i sprinta até aos 100km/h em 7.4 segundos, o X1 sDrive20i faz essa aceleração em 7.7 segundos. Em termos de consumo a média é de 6.4/6.3l e 6.0/5.9 l/100km respectivamente, com 149 e 139g de emissões de CO2.

Com o X1 xDrive25d está um motor de 231cv, o motor diesel de quatro cilindros mais potente alguma vez equipado num BMW. Com um binário máximo de 450Nm, o veículo acelera até aos 100km/h em 6.6 segundos com a ajuda da caixa Steptronic de oito velocidades. O consumo médio varia entre 5.2 e 5.0 litros/100km, enquanto que as emissões de CO2 estão fixadas entre as 137 e 132g/km.

Por fim a gama fica completa com o X1 xDrive20d e o X1 sDrive18d com 190 e 150cv de potência e 400 e 330Nm de binário, respetivamente. Equipados com a caixa Steptronic de oito velocidades o  X1 xDrive20d acelera dos 0 aos 100km/h em 7.6 segundos enquanto que o sDrive18d sprinta em 9.2 segundos. No que toca a consumos o X1 xDrive20d apresenta um consumo médio de 5.1-4-9l/100km enquanto que o X1 sDrive18d consome em média 4.5–4.3l/100km. As emissões de CO2 situam-se nos 133 e 114g/km, respetivamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *