SUBARU FECHA PARCERIA COM A SOCIEDADE BRASILEIRA DE CULTURA JAPONESA E ASSISTÊNCIA SOCIAL
22 de outubro de 2015
Kassab afirma que soluções coletivas são mais baratas e racionais para regiões metropolitanas
23 de outubro de 2015

Equipes do Moto 1000 GP usam treinos extraoficiais para ações específicas

Chuva da véspera elimina condição de aderência da pista de Santa Cruz do Sul e altera estratégia das equipes do Brasileiro de Motovelocidade

 

  Três sessões de treinos livres para cada uma das categorias em disputa vão marcar nesta sexta-feira (23) a abertura da programação oficial da sétima etapa do Moto 1000 GP no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul. Os pilotos da GP 1000, da GP 600, da GP Light e da GPR 250 tiveram o primeiro contato com o traçado gaúcho com extensão de 3.530 metros nesta quinta (22) em programação de treinos extraoficiais.

Com os institutos de meteorologia indicando mudanças nas condições climáticas ao longo do fim de semana, as equipes direcionaram suas atividades a focos específicos durante os treinos extraoficiais. “O traçado está com pouca aderência, porque choveu na noite anterior, então não adiantaria trabalharmos no acerto da moto nessas condições”, identificou o português Miguel Praia, da Center Moto Racing Team, que pilota uma Honda.

Terceiro na pontuação da categoria GP 1000 do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, Praia dedicou o dia a testar a nova suspensão de sua moto e os mapas de injeção eletrônica de combustível e de controle de tração. A JC Racing Team, defendida pelo argentino vice-líder Diego Pierluigi, canalizou a preparação da quinta-feira para o link de suspensão. “Trabalhamos no ajuste progressivo do amortecedor”, disse o chefe de equipe André Thomaz.

A Paulinho Superbikes, equipe que disputa a GP 600 com o piloto Lucas Bittencourt, fez testes específicos com o câmbio da Kawasaki do paranaense. “A previsão do tempo aqui está uma incógnita, ninguém tem ideia de como vai ser o fim de semana. Então, poucos se preocuparam com o acerto”, observou o chefe de equipe Paulo Imes. “Aproveitamos também para o Lucas assimilar um pouco mais o traçado. Muitos usaram o dia para isso”, acrescentou.

As motocicletas do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade utilizam a gasolina Petrobras Podium e o lubrificante Lubrax Tecno Moto. A Petrobras e a Lubrax patrocinam a competição ao lado da Michelin, que fornece seus pneus de competição a todas as equipes inscritas. O Moto 1000 GP também conta em 2015 com o apoio de Beta Ferramentas, MSR Macacões Personalizados, Puig, Servitec, LeoVince, Shoei e Tutto Moto.

GP SANTA CRUZ DO SUL – MOTO 1000 GP
(Os horários de treinos e corridas do Brasileiro)
Sexta-feira, 23 de outubro
11h05 – primeiro treino livre da GPR 250 (25 minutos)
11h35 – primeiro treino livre da GP 600/GP 600 Evo (25 minutos)
12h05 – primeiro treino livre da GP 1000/GP 1000 Evo (25 minutos)
12h35 – primeiro treino livre da GP Light (25 minutos)
13h05 – segundo treino livre da GPR 250 (25 minutos)
13h35 – segundo treino livre da GP 600/GP 600 Evo (25 minutos)
14h05 – segundo treino livre da GP 1000/GP 1000 Evo (25 minutos)
14h35 – segundo treino livre da GP Light (25 minutos)
15h05 – terceiro treino livre da GPR 250 (25 minutos)
15h35 – terceiro treino livre da GP 600/GP 600 Evo (25 minutos)
16h05 – terceiro treino livre da GP 1000/GP 1000 Evo (25 minutos)
16h35 – terceiro treino livre da GP Light (25 minutos)
Sábado, 24 de outubro
8h55 – quarto treino livre da GPR 250 (25 minutos)
9h25 – quarto treino livre da GP 600/GP 600 Evo (25 minutos)
9h55 – quarto treino livre da GP 1000/GP 1000 Evo (25 minutos)
10h25 – quarto treino livre da GP Light (25 minutos)
11h00 – treino classificatório Q1 da GPR 250 (20 minutos)
11h30 – treino classificatório Q1 da GP 600/GP 600 Evo (20 minutos)
13h10 – treino classificatório Q1 da GP 1000/GP 1000 Evo (20 minutos)
13h40 – treino classificatório Q1 da GP Light (20 minutos)
14h10 – treino classificatório Q2 da GPR 250 (10 minutos)
14h30 – treino classificatório Q2 da GP 600/GP 600 Evo (10 minutos)
14h50 – treino classificatório Q2 da GP 1000/GP 1000 Evo (10 minutos)
15h10 – treino classificatório Q2 da GP Light (10 minutos)
Domingo, 25 de outubro
8h20 – warm up da GP Light (10 minutos)
8h40 – warm up da GPR 250 (10 minutos)
9h00 – warm up da GP 600/GP 600 Evo (10 minutos)
9h20 – warm up da GP 1000/GP1000 Evo (10 minutos)
10h20 – largada da GP Light (14 voltas)
11h20 – largada da GPR 250 (10 voltas)
12h30 – largada da GP 600/GP 600 Evo (14 voltas)
13h25 – largada da GP 1000/GP 1000 Evo (16 voltas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *