Honda apresenta sofisticação e alta tecnologia no novo HR-V
8 de março de 2015
Hello world!
10 de março de 2015

Estreia linha 2016 do Chevrolet Spin

A cabine predominantemente preta, oferecendo maior controle dos reflexos e aumentando o conforto visual é um dos destaques da linha 2016 do Chevrolet Spin, que além do painel tem um revestimento interno das portas e do porta-malas que também seguem a nova coloração, em substituição aos tons de bege e café característicos do modelo anterior.

 Ele chega às concessionárias com novidades mecânicas, de conveniência e de acabamento. Com isso, as versões LT e LTZ passam a compartilhar importantes evoluções estreadas recentemente na configuração Active.

O Chevrolet traz opções de cinco ou sete lugares e até 710 litros para bagagem. O Spin vem completo de série desde a configuração de entrada, reunindo itens valorizados pelo consumidor, como ar-condicionado, direção hidráulica, freios ABS com EBD (distribuição da força de frenagem), airbag duplo, alarme e conjunto elétrico de vidros e travas, que acaba de somar uma nova função.

Todos os modelos têm à disposição uma extensa lista de acessórios, como o tablet de 7 polegadas com suporte para encosto de cabeça e as versões LTZ e LT ainda trazem um quadro de instrumentos com novo grafismo – o velocímetro e o marcador de combustível continuam digitais.

O modelo também oferece o módulo para ativação da função Tilt Down do retrovisor externo direito. Ao engatar a marcha ré, o espelho incline-se para baixo, facilitando manobras de estacionamento.

A versão LT apresenta novidades na parte externa e passa a vir com faróis com máscara negra e lentes transparentes, além de opção de rack de teto e volante multifuncional revestido em couro. Já a versão LTZ mantém faróis com superfície escurecida “Dark Chrome” com lentes transparentes.

Outro item que estreou na Active e que passa a ser ofertado às demais versões é a transmissão automática de seis velocidades GF6-2 (de segunda geração), que proporciona trocas de marchas em tempo 50% menor e reduções duplas e triplas. Há também a opção de transmissão manual, de cinco velocidades e com a ré sincronizada.

A motorização ficou a cargo do conhecido 1.8L EconoFlex, que desenvolve até 108 cv de potência e 17,1 kgfm de torque (força). Ele é capaz de levar o MPV de 0-100 km/h em 10,6s quando abastecido com etanol – desempenho semelhante ao de minivans equipadas com propulsores de maior capacidade volumétrica.

Entre as diversas novidades tecnológicas trazidas, esta o fato do motorista ainda poder alternar as mídias disponíveis sem tirar as mãos do volante. Isto porque há teclas para o controle do áudio/telefone estrategicamente posicionadas na extremidade do raio, bem ao alcance dos dedos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *