10 passos para comprar um carro usado
1 de julho de 2015
TOP TEST: PEUGEOT 2008 COM MOTOR TURBO EMPOLGANTE
2 de julho de 2015

Executiva da Toyota é presa por importar analgésico proibido no Japão

Julie Hamp, diretora-executiva da Toyota nos Estados Unidos, pediu demissão nesta quarta-feira (1º), duas semanas após ter sido presa no Japão acusada de envolvimento com drogas. A empresa emitiu comunicado informando que aceitou a demissão de sua mais senior executiva pelos “problemas e inconvenientes que os eventos recentes têm causado à empresa.”

Hamp, de 55 anos, continua detida pela polícia, mas ainda não foi formalmente indiciada. Em 18 de junho ela foi presa acusada de importar oxicodona, droga com efeito analgésico usada para aliviar fortes dores e controlada no Japão. Um dos efeitos colaterais causados pela substância é a euforia.

A executiva se transferia para o Japão e trazia suas coisas dos Estados Unidos quando a polícia interceptou uma das bagagens endereçadas a ela em um hotel de Tóquio. De acordo com a imprensa japonesa, as drogas estavam em uma necessaire que continha joias.

Segundo a polícia, Hamp nega que tenha tentado importar drogas ilegalmente para o país. Não há informações sobre os próximos rumos do caso.

O presidente da Toyota, Akio Toyoda, disse acreditar que a executiva não teve a intenção de burlar as leis japonesas. Antes de trabalhar na Toyota, onde estava desde 2012, Hamp fez carreira na PepsiCo Inc. e na General Motors Co.

Fonte: IG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *