TopSpeed mostra quais são os carros com manutenção mais barata no Brasil
16 de agosto de 2015
Chrysler 300C chega por R$ 204.900
20 de agosto de 2015

Mercedes-Benz forma multiplicadores na Índia

A partir deste mês, um grupo de colaboradores da futura fábrica de Iracemápolis, São Paulo, passa a receber treinamento internacional na cidade de Pune, onde está localizada a planta da Mercedes-Benz Índia. A unidade produz o sedã Classe C desde 2009 e, recentemente, começou a produção do SUV GLA, modelos que também serão produzidos no Brasil em 2016.

Os participantes, que ficarão cerca de quatro semanas na Índia, serão treinados nas áreas de Produção, desde a pré-montagem até a linha de montagem final, passando pelas células de trabalho de instalação de painel, de inspeção e de qualidade. Eles estarão sempre acompanhados por monitores das áreas de treinamento do Brasil e da Índia.

Segundo Sven Junghänel, gerente Sênior de Projeto Estratégico da fábrica de Iracemápolis, esse programa internacional faz parte do intenso treinamento realizado junto aos colaboradores, que terão a função de multiplicar os conhecimentos para atingir a excelência na produção dos automóveis Mercedes-Benz. “Esse intercâmbio realizado entre as plantas do Grupo Daimler é mais uma iniciativa para garantir a qualidade dos veículos a serem fabricados na futura fábrica de Iracemápolis”, afirma Sven.

Esse primeiro grupo de multiplicadores irá trabalhar na montagem final de automóveis da fábrica. Entre eles, estão mais de 10 colaboradores selecionados na região, por meio da parceria firmada este ano com o SENAI da cidade.

Durante todo o período na Índia os futuros multiplicadores serão acompanhados por um profissional da área de Recursos Humanos da Mercedes-Benz do Brasil, que irá prestar apoio em todas as necessidades e demandas dos colaboradores durante o convívio com a nova cultura.

Para facilitar a adaptação no novo país, a Mercedes-Benz do Brasil organizou uma série de encontros interculturais, onde outros colaboradores que já estiveram na Índia compartilharam suas experiências. “Durante esses encontros são identificadas as principais dúvidas e adiantadas informações sobre leis, alimentação, segurança e recomendações, objetivando diminuir o impacto cultural aos participantes no novo País”, explica Sven.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *