Gasolina terá aditivação mínima a partir de julho
7 de abril de 2015
MINI lança tour virtual por exposição da marca no museu BMW
9 de abril de 2015

Nissan cria sistema que alerta motorista em situações de risco

Quando o Nissan Maxima 2016, totalmente redesenhado, foi o palco das atenções do Salão Internacional do Automóvel de Nova York, um de seus menores detalhes foi um dos mais importantes – um ícone representando uma pequena xícara de café amarela que pode se acender no painel de instrumentos.

A xícara é parte do alerta visual e sonoro emitido pelo Alerta de Atenção ao Motorista da Nissan (em inglês, DAA, Driver Attention Alert), projetado para ajudar a detectar uma condução sonolenta ou desatenta. O DAA estará disponível no Maxima 2016, sendo parte integrante de um amplo conjunto de sistemas de segurança e assistência ao motorista, que já está disponível no crossover Murano 2015. O lançamento do Maxima equipado com o DAA aconteceu a tempo da comemoração do “Dia de Conscientização pela Condução Sonolenta”, em 6 de abril, nos Estados Unidos.

De acordo com um estudo realizado em novembro de 2014 pela Associação Automobilística Americana (AAA*), 37% dos motoristas relataram já ter cochilado enquanto dirigiam alguma vez em suas vidas, sendo que 11% relatou ter tido esta experiência no decorrer do último ano. Os resultados da pesquisa sugerem que a sonolência é também a causa de aproximadamente 300 mil colisões a cada ano, sendo que 6.400 delas envolve algum tipo de fatalidade. A falta de atenção e a fadiga dos motoristas também são um fator de preocupações, motivo pelo qual foi criado o sistema de Alerta de Atenção ao Motorista.

O sistema DAA da Nissan se adapta a cada motorista, de forma individualizada. O DAA monitora os padrões do motorista (durante suas manobras, através de sensores que detectam o ângulo de esterçamento) por um determinado período, chamado de valor de referência. Posteriormente, ele passa a comparar – de forma contínua – os padrões de condução com o valor de referência, através de uma análise estatística dos erros e correções do esterçamento. Se ele detectar que o comportamento de condução é compatível com um estado de sonolência do motorista, o sistema emite um alarme sonoro e exibe um sinal luminoso semelhante a uma pequena xícara de café amarela, acompanhado da mensagem “Que tal um descanso?” (‘Take a break?’) no painel de instrumentos. A lógica do DAA permite evitar falsas detecções, conseguindo detectar curvas no caminho percorrido, mudanças de faixa de rolamento, frenagens e até mesmo vias em condições de rodagem ruins. O sistema é automaticamente reinicializado com a parada do motor, podendo ser também desligado pelo motorista, se este assim o desejar.

Cabe ao motorista a responsabilidade de se manter alerta todo o tempo. O DAA é apenas um alerta que informa ao motorista sobre uma falta de atenção ou sonolência em potencial. Ele não detecta ou dá um alerta em todas as situações.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *