XII Fórum ABLA discute os impactos da crise econômica para o setor de locação de automóveis
21 de agosto de 2015
Brasília: A História do Clássico
21 de agosto de 2015

Nissan leva sua experiência com carros elétricos ao projeto europeu de alerta de pedestres eVADER

Na vanguarda do segmento de veículos elétricos com o lançamento do hatch LEAF, o modelo mais vendido do mundo com mais de 150 mil unidades comercializadas desde 2010, a Nissan levou sua expertise para o eVADER, projeto da Comissão Europeia que está desenvolvendo a próxima geração dos sistemas de alertas sonoros para pedestres. Em parceria com dez outros participantes do consórcio, a marca japonesa colaborou com a criação de uma tecnologia que produzirá sinais sonoros eficazes e segmentáveis ​​para alertar pedestres para a presença de um veículo elétrico (EV, ou Electric Vehicle, em inglês) nas proximidades e, ao mesmo tempo, reduzir o impacto sobre os níveis de poluição sonora.

A tecnologia de alerta de pedestres é um tema atual por conta do crescimento das vendas de carros elétricos, o que levou a discussões sobre os prós e contras do silêncio proporcionado por esse tipo de veículo. Os baixos níveis de ruído são um grande benefício, pois contribuem para a redução drástica da poluição sonora.

 

Como uma das principais fabricantes veículos elétricos, e desenvolvedora do sistema Approaching Vehicle Sound for Pedestrians (som de veículos se aproximando para pedestres – VSP), item de série para seus modelos elétricos (LEAF e e-NV200), a Nissan tem priorizado as pesquisas neste assunto. David Quinn, líder do projeto e-VADER na Nissan, explica que a segurança dos pedestres é de extrema importância para a marca. “É por isso que já temos um alerta instalado em nossos carros elétricos como medida preventiva. E, como líderes nesse segmento, estamos empenhados em melhorar sempre. Nosso objetivo tem sido o de encontrar um ótimo equilíbrio entre os carros serem percebidos pelas pessoas e a redução da poluição sonora”, completa.

 

A Nissan tem desempenhado um papel pioneiro no desenvolvimento da tecnologia dos veículos elétricos. Em 2010, com a introdução para o consumidor final do Nissan LEAF – o primeiro veículo fabricado e vendido em série -, a empresa revolucionou o segmento automotivo.

 

O som a ser criado não tinha que ser apenas direcionado aos pedestres, mas deveria também manter níveis reduzidos. Ruídos semelhantes aos de sirenes foram descartados logo no início por serem considerados irritantes, altos e, em alguns casos, emocionalmente perturbadores para alguns pedestres.

 

A versão final do sistema possui uma câmera embutida no para-brisas do Nissan LEAF, que a reconhece pedestres, ciclistas e outros que componentes do trânsito. No caso de uma pessoa se aproximar do carro, seis alto-falantes de som direcionam o feixe sonoro para alerta a pessoa da presença do veículo elétrico. O som é até cinco decibéis mais baixo que o emitido por modelo convencional movido a gasolina ou a diesel. A Nissan desenvolveu o sistema em um protótipo do LEAF, e demonstrou sua aplicação em evento para a comunidade de deficientes visuais, em Barcelona, Espanha, ​​em dezembro de 2014. A receptividade da novidade foi muito positiva.

 

A pesquisa e os resultados obtidos pelo projeto resultaram em um material de referência inestimável para desenvolvimentos futuros nesta área – é provável que seja utilizado para moldar a futura legislação da União Europeia sobre sons de alerta para pedestres emitidos por veículos elétricos. Se desejar conhecer o alerta do projeto, faça o download do arquivo neste link:  http://www.newsroom.nissan-europe.com/download/media/specialfile/136171_1_5.aspx

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *