“Virtual Cockpit” chega ao A3 nacional
16 de março de 2017
AMG GT R chega oficialmente em agosto
28 de abril de 2017

O esportivo mais vendido do mundo em 2016

Pode soar estranho ou parecer uma lista de heresias, mas sim, o esportivo mais vendido do mundo em 2016 foi o Ford Mustang. E acredite, graças a uma estratégia que não envolve um grande V8.

Um dado realizado pela IHS Markit, uma empresa especializada em mercado, nenhum esportivo foi tão comprado quanto o Mustang em 2016. Um feito e tanto, considerando que Muscle Cars nunca foram unanimidade em mercados globais.

A ESTRATÉGIA

Quando se preparava para lançar a então nova geração do Stang, a Ford abandonou a receita pronta, ousou e tornou seu produto atrativo não só ao público americano sedento por um Big Block.

Parece contraditório, mas o charme do Mustang não é relacionado com o tradicional V8, e sim, com sua versatilidade.

A marca americana adotou um inovador e polêmico 4 cilindros EcoBoost, além de finalmente expandir a importação oficial para certos mercados europeus e asiáticos.

Turbo sim senhor. Versão de entrada garante baixa taxação de impostos e preço competitivo em certos mercados.

COLHENDO OS FRUTOS

Cupê, conversível, 4 cilindros-turbo e V8. Câmbio manual e automático, charme americano e praticidade européia. Graças a motorização de entrada, o Mustang finalmente chegou competitivo em mercados extremamente rígidos com emissões de poluentes e deslocamento de motores. Se tornou um ícone global, acessível e atrativo. Cerca de 150.000 exemplares foram vendidos no ano passado.

Newton Reis
Newton Reis
3/8 Jornalista, 19 anos, de Goiânia-GO. Apegado em câmbio manual e carros com alma. Unindo a nova geração da informação com as velhas paixões automotivas do homem. @reis.newton

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *