Alfa Romeo: Um render anti-BMW X4
6 de outubro de 2015
Saab mantém aposta no relançamento com veículos elétricos
6 de outubro de 2015

Porsche responde à filha de Paul Walker

“Tal como afirmámos antes, ficamos sempre tristes quando alguém morre ao volante de um Porsche… Mas nós acreditamos no relatório das autoridades e sabemos que o acidente fatal foi causado devido à prática de uma condução perigosa e excesso de velocidade.” afirmou a Porsche.

Recorde-se que o processo de Meadow assenta na suposta falta de um sistema de controlo de estabilidade e num sistema de segurança que evitaria a combustão do veículo após o acidente. Além disso, a jovem afirmou que o veículo não circulava a 151 como indicam as autoridades mas sim entre 101km/h e 114km/h (velocidade que continua a estar fora da lei, uma vez que se tratava de uma zona limitada a 72km/h.)

via Automonitor.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *