Fábrica inovadora: Audi apresenta sua produção inteligente
24 de maio de 2015
Nissan exibe seus veículos 100% elétricos na Final da UEFA
26 de maio de 2015

PRINCIPAIS PILOTOS DO BRASIL ENFRENTAM DESTAQUES INTERNACIONAIS EM CASCAVEL

Moto 1000 GP terá corridas da segunda etapa, neste domingo, no único circuito do calendário que oferece médias acima dos 170 km/h

Único palco do Moto 1000 GP que proporciona médias de velocidade superiores aos 170 km/h, o Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel (PR), volta a receber os principais pilotos do país nesta semana, para treinos e corridas da segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. O GP Cascavel será desenvolvido no domingo (31), confrontando mais de 80 pilotos do Brasil e do exterior nas quatro categorias em disputa.

A programação do GP Cascavel prevê a disputa de quatro corridas, nas categorias GP 1000, GP 600, GP Light e GPR 250. As disputas englobam sete marcas de motocicletas, o que frisa um dos propósitos principais do Brasileiro: a equiparação técnica entre BMW, Ducati, Honda, Kawasaki, Suzuki, Triumph e Yamaha. Todas as marcas representadas na pista no GP Petrobras, disputado em Curitiba no dia 3 de maio, levaram seus pilotos ao pódio.

O público cascavelense, sempre um dos mais participativos e atuantes do calendário do Moto 1000 GP, terá entre as atrações das provas da segunda etapa de 2015 a disputa entre os pilotos brasileiros e estrangeiros, sobretudo na GP 1000 – o GP Petrobras terminou com pilotos de cinco nacionalidades nas cinco primeiras posições da principal categoria do campeonato. As quatro categorias em disputa são lideradas por pilotos de três marcas diferentes.

As motocicletas do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade utilizam a gasolina Petrobras Podium e o óleo lubrificante Lubrax Tecno Moto. Petrobras e Lubrax patrocinam a competição ao lado da Michelin, fornecedora de pneus a todas as equipes inscritas nas quatro categorias em disputa. O Moto 1000 GP também conta, na temporada de 2015, com o apoio de Beta Ferramentas, Puig, Servitec, LeoVince, Shoei e Tutto Moto.

INGRESSOS E CREDENCIAIS

A relação de pontos de venda de ingressos e credenciais em Cascavel inclui Alvorada Motos Kawasaki, Auto Posto Green, Auto Posto Maçarico, E. Parts Peças e Acessórios, Kemeron Motos, Moto Giro, Motopark, Star News, Sthar Films, Posto Brasil e Restaurante Santa Felicidade. Toledo tem Status Motos e Yamaha Sodder como pontos de venda; Foz do Iguaçu disponibiliza na Honda Motec. A compra pode ser feita pelo site okingressos.com.br

Os ingressos de arquibancada custam R$ 18. Credenciais Paddock Club GP, que dão acesso à área de boxes, têm preço de R$ 48. As credenciais para o camarote Vip Club GP, que inclui serviço de buffet e visitação aos boxes a qualquer horário, são vendidas a R$ 280. A compra antecipada dá direito a um boné bordado do Moto 1000 GP – no caso do Paddock Club GP, vale também uma credencial feminina adicional, com os mesmos acessos.

GP CASCAVEL – BRASILEIRO DE MOTOVELOCIDADE

(Os horários de treinos e corridas da segunda etapa do Moto 1000 GP)

Sexta-feira, 29 de maio

11h05 – primeiro treino livre da GPR 250 (25 minutos)

11h35 – primeiro treino livre da GP 600/GP 600 Evo (25 minutos)

12h05 – primeiro treino livre da GP 1000/GP 1000 Evo (25 minutos)

12h35 – primeiro treino livre da GP Light (25 minutos)

13h05 – segundo treino livre da GPR 250 (25 minutos)

13h35 – segundo treino livre da GP 600/GP 600 Evo (25 minutos)

14h05 – segundo treino livre da GP 1000/GP 1000 Evo (25 minutos)

14h35 – segundo treino livre da GP Light (25 minutos)

15h05 – terceiro treino livre da GPR 250 (25 minutos)

15h35 – terceiro treino livre da GP 600/GP 600 Evo (25 minutos)

16h05 – terceiro treino livre da GP 1000/GP 1000 Evo (25 minutos)

16h35 – terceiro treino livre da GP Light (25 minutos)

Sábado, 30 de maio

8h55 – quarto treino livre da GPR 250 (25 minutos)

9h25 – quarto treino livre da GP 600/GP 600 Evo (25 minutos)

9h55 – quarto treino livre da GP 1000/GP 1000 Evo (25 minutos)

10h25 – quarto treino livre da GP Light (25 minutos)

11h05 – Q1 da GPR 250 (20 minutos)

11h30 – Q1 da GP 600/GP 600 Evo (20 minutos)

13h10 – Q1 da GP 1000/GP 1000 Evo (20 minutos)

13h40 – Q1 da GP Light (20 minutos)

14h10 – Q2 da GPR 250 (10 minutos)

14h30 – Q2 da GP 600/GP 600 Evo (10 minutos)

14h50 – Q2 da GP 1000/GP 1000 Evo (10 minutos)

15h10 – Q2 da GP Light (10 minutos)

Domingo, 31 de maio

8h10 – warm up da GPR 250 (10 minutos)

8h30 – warm up da GP 600/GP 600 Evo (10 minutos)

8h50 – warm up da GP Light (10 minutos)

9h10 – warm up da GP 1000/GP1000 Evo (10 minutos)

9h50 – largada da GPR 250 (13 voltas)

10h40 – largada da GP 600/GP 600 Evo (20 voltas)

11h35 – largada da GP Light (20 voltas)

12h30 – largada da GP 1000/GP 1000 Evo (23 voltas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *