Com campanha “Novo Jetta. O esportivo disfarçado de sedã”, Volkswagen do Brasil celebra a chegada do modelo
8 de maio de 2015
SINAIS DE EVOLUÇÃO NA STOCKCAR
10 de maio de 2015

Scania na Argentina aumenta exportação para a Europa

Com o objetivo de promover melhorias na fábrica e tornar os processos produtivos ainda mais eficientes, a Scania investiu nos últimos dois anos aproximadamente US$ 43 milhões em sua planta em Tucumán, na Argentina.  Essa estratégia já traz retornos significativos. “Estamos colhendo os frutos do trabalho que fizemos, e graças às mudanças e modernizações que implementamos passamos de 5% para 35% no volume exportado para Suécia”, conta Adolpho Bastos, diretor-geral da Scania em Tucumán. 

A planta, que comemora 40 anos em 2016, fabrica componentes de transmissão – pinhões, coroas, eixos e engrenagens sincronizadas – para montagem dos veículos.  “Operamos em um sistema global de produção, por isso manter nosso parque industrial atualizado e espelhado nos mais altos padrões da marca é fundamental. Com os investimentos feitos e a dedicação dos colaboradores, estamos construindo o caminho para destacar Tucumán como a melhor planta de usinagem da montadora no mundo”, diz Per-Olov Svedlund, presidente e CEO da Scania na América Latina.

 Segundo Bastos, com tecnologias de última geração, salas de medição precisas e rigorosos padrões de qualidade em equipamentos e processos, a unidade em Tucumán está, desde fevereiro, exportando 35% para a matriz, na Suécia.  Os demais 65% são destinados à unidade de produção da Scania Latina America em São Bernardo do Campo, Brasil. “O momento foi muito oportuno, porque assim também conseguimos enfrentar o desaquecimento no mercado brasileiro”, completa o executivo. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *