TOP TEST: Peugeot 208 agradável de dirigir, seja na cidade ou na estrada.
22 de outubro de 2015
Presidente da Câmara Eduardo Cunha tem Porsche em nome de Jesus.com
22 de outubro de 2015

TOP TEST: JAC J2 JETFLEX, Ele vai te surpreender!

Confesso que não esperava muito na avaliação do JAC J2, afinal o que ele poderia me oferecer? mal sabia o que me esperava, estava a caminho da Jac para fazer a retirada do veiculo citado, e já no taxi discutíamos o carro a ser avaliado, o taxista questionava o tamanho e os pneus que os compara com a antiga Caloi 10 de sua infância, apenas ouvi seus comentários e o convidei a participar do quadro TOP TEST e dar sua opinião de de fato, relutou e a principio não aceitou meu convite, pois teria que ganhar o dia, dizia:

 

-´´Sabe como é doutor, a vida em São Paulo é cara e cada suor de meu trabalho é dedicado a minha mulher e minha duas filhas, e olha que de suor eu entendo, sou de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, lá é prá mais de 40 graus.“

Ao chegarmos insisti pela última vez, e mais uma não recebi, então pedi que apenas me aguardasse e desse uma olhadinha rápida no carro, então abriu um sorriso e disse:

-´´Já que estou aqui por que não?“

Ao sair da garagem da JAC , o taxista abriu um sorriso e ali mesmo na rua em frente a uma obra pediu que parar, desci do carro e comecei a acompanhar sua avaliação, e de repente, vem o pedido inesperado:

– Posso dar uma volta?

Sem pestanejar, disse sim, e ali no bairro da Lapa o test drive do taxista começou, ao voltar o motorista estava com um sorriso no rosto e eufórico disse surpreendente! E foi exatamente o que senti, Ele é esperto como nenhum outro em seu segmento e usa a potência extra que o sistema Jetflex colocou no propulsor 1.4 16v VVT, agora com 113 cv e 14,5 kgfm de torque com etanol (ou 110 cv e 14,1 kgfm com gasolina), para acelerar de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos e chegar aos 190 km/h (segundo a JAC), números bem plausíveis para os seus 915 kg de peso. Bem ágeis também são as curvas, graças ao fato de as rodas serem bem rentes às extremidades da carroceria. E ainda que ele aderne mais do que se espera de um carro com alguma pretensão esportiva, uma vez apoiado ele não sai da trajetória e transmite segurança. O J2 JetFlex está saindo a partir de 35.990,00, esse valor deve espantar alguns compradores que tem no mesmo valor diversas opções, mas sem os opcionais que a montadora já oferece de fábrica.

12041075_10206608729728373_181593200_o (1)

O que não vão gostar é da péssima qualidade do áudio, das poucas opções de equalização e da insistência da JAC em manter a entrada USB que precisa de adaptador. As mulheres não vão gostar do fato de haver poucos porta-objetos, de não haver tampa do porta-luvas e de o porta-malas de apenas 121 litros levar tão pouca coisa. E ninguém vai gostar das falhas de ergonomia, com os comandos de vidros na parte inferior da seção central do painel, os comandos dos retrovisores muito recuados na porta e a pouca amplitude do ajuste de altura da coluna de direção. Falta ainda computador de bordo, ajuste de altura dos bancos e, a exemplo de todo o restante da linha, da altura do facho dos faróis. Pelo menos a visualização dos instrumentos melhorou com a nova iluminação branca; a azul cansava os olhos.

12015537_10206608732288437_1293021521_o

Não é justo reclamar do espaço interno. O que os 3,54 m de comprimento, 1,64 m de largura, 1,47 m de altura e 2,39 m de entre-eixos fazem pelos ocupantes está de bom tamanho, considerando que ninguém que tenha estatura mediana vai passar aperto. Não é, obviamente, carro para pessoas “grandes”; sua proposta é outra. Meu metro e noventa que o diga.

12041080_10206608730088382_972297111_o

Fato é que o J2, apesar de não ser perfeito, continua uma excelente opção para o comprador que se desloca predominantemente na cidade, não tem filhos e viaja pouco ou tem outro carro maior na garagem para este fim. O seguro é caro, com apólice mais em conta chegando aos R$ 3.660,00 e franquia de R$ 3.106,00, mas ele tem a vantagem de ser o único compacto do mercado com garantia total de 6 anos sem limite de quilometragem. Seu design ainda chama a atenção e ele é versátil a ponto de sair da concessionária vestido de tamagotchi branco ou de demoninho preto, a gosto do cliente.

 

 Nome: Pedro Paulo Queirola   Idade: 33 anos

Profissão: Metalúrgico 

Carro que possui: Toyota Etios

Carro testado: J2

Marca: JAC

Modelo:JETFLEX

Motor: 1.6 16v VVT

Ano: 2015

Valor: R$ 35.990

 

Avaliação | Assinale pontuando de 0 à 5 de acordo com sua avaliação:

 

Combustível:     Gasolina | Etanol | Diesel | x Flex

Consumo: 5

Motor: 4

Acústica do motor: 2

Acústica na cabine: 2

Cambio: 3

Suspensão: 3

Espaço Geral: 2   

Do Motorista: 2

Dos Passageiros: 2

Porta Malas: 1 

Conforto: 3

Acessórios: 4

Acabamento: 3

Design: 5

Confiança na marca: 3

Compraria:   x Sim |    Não

Pontos fortes do Carro:

Fácil dirigibilidade, volante bom!

Pontos fracos do Carro:

Som, espaço e a falta da tampa do porta luvas.

Considerações finais:

O carro é super gostoso de dirigir, compacto e tive facilidade ao estacionar, curti esse carrinho

Pontuação Final: 3 |Três pontos.

 

Nossa viagem não para, não perca nossa próxima matéria, mais testes, mais histórias, mais você no volante e não esqueça: este espaço é seu, participe através do e-mail: imprensa@portaltopspeed.com.br , e venha avaliar os carros Top Speed, válido apenas para o município de São Paulo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *