TOP TEST: Mini Cooper 5 portas, compacto premium de 136 cavalos de potência
21 de outubro de 2015
TOP TEST: JAC J2 JETFLEX, Ele vai te surpreender!
22 de outubro de 2015

TOP TEST: Peugeot 208 agradável de dirigir, seja na cidade ou na estrada.

Esqueça tudo que você já viu ou ouviu da Peugeot. Muito mais que um novo carro, o 208 torna-se a base para o futuro dos próximos. Nascido praticamente do zero, ele não traz uma única peça do antigo 207. Agora, ele é um carro realmente avançado, com novos conceitos, e cria um novo patamar no segmento de hatch-back premium, com equipamentos nunca vistos nessa categoria de automóvel.
 
O 208 é montado sobre a mais atual plataforma do Grupo PSA, a qual também é utilizada pelo novo Citroen C3. Ainda sim, a engenharia da Peugeot afirma que o 208 não é um C3 com roupagem Peugeot. O carro tem características bastante próprias, como o ajuste da suspensão que é bem diferente do C3.
 
O painel de instrumentos é elevado e permite que a leitura das informações seja feita por cima do volante. Aliás, o novo painel vem com iluminação feita por leds em tom branco, de alto contraste. Já o volante, com pequeno diâmetro (10% menor comparado ao do 207), tem a base achatada e a posição é mais baixa. Como assistência elétrica, o motorista não tem dificuldade em girar o volante, mesmo com tamanho menor. Existe também ajuste de altura e profundidade da direção, além do banco do motorista com ajuste de altura. Outra melhoria é a inclusão dos botões do controle do som, diretamente no volante.
 
 
O 208 oferece duas opções de câmbio: uma caixa manual de cinco marchas e uma transmissão automática com apenas quatro marchas. Quando equipado com o câmbio manual, o 208 se apresenta na sua melhor forma para quem gosta um toque de esportividade. Inclusive, a alavanca de seleção das marchas, se mostra mais precisa e firme que no primo C3 (eles usam o mesmo motor e câmbio). Seus principais concorrentes de mercado no Brasil são: Hyundai Hb20, Citroen C3, Fiat Punto, Ford Fiesta e Chevrolet Onix.
 
O modelo está disponível em 4 cores diferentes, conforme vemos nas fotos, são elas: Vermelho Aden, Preto Perla Nera, Marron Dark Carmin e Cinza Aluminium. Confira agora a tabela de preços:
 
Active 1.5 – R$ 42.390,00
Active Pack 1.5 – R$ 46.490,00
Allure 1.5 – R$ 49.690,00
Griffe 1.6 – R$ 55.290,00
Active Pack 1.6 automático – R$ 52.190,00
Griffe 1.6 automático – R$ 58.990,00
 
Peugeot 208 2015 fotos
 
Seu tanque de combustível tem capacidade para até 55 litros. A autonomia do veículo varia conforme o número de ocupantes e também modo de dirigir, o consumo do 208 medio quando abastecido com gasolina na cidade é de 9.0 km/l. Na estrada também com gasolina a média pode subir para 12.0 km/l. Se o carro for abastecido com etanol o consumo de combustível é bem maior, fazendo 7.6 km/l na média cidade / estrada.
Nas versões de acabamento Active, Active Pack, Alture o hatch vem com motor 1.5 flex e câmbio manual de 5 velocidades. Já nas versões Active Pack e Griffe top de linha ele traz motor 1.6 flex e câmbio automático.
O motor 1.6 litros pode gerar até 122 cv de potência com etanol, com um torque máximo de 16.4 kgfm. O veículo tem capacidade para até 5 passageiros, porém comporta confortavelmente até 4 ocupantes.
 
Novo Peugeot 208 2015 foto
 
Não basta apenas ter o dinheiro para comprar o veículo a vista ou pagar as parcelas do financiamento, é preciso ter condições para manter o veículo. Geralmente o seguro Peugeot 208 não é caro, mas vai depender do perfil do condutor.
Algumas lojas da marca oferecem o seguro do carro fixado em 5% do preço de tabela, sem levar em conta o perfil do condutor. Mas é preciso fazer as contas na ponta do lápis pois este tipo de seguro geralmente traz poucas coberturas para o cliente.
Não temos como informar o valor exato do seguro Peugeot 208 conforme o seu perfil, por isso você deve fazer uma cálculo online informando sua idade e cidade de moradia. O que podemos dizer é que o valor da apólice varia bastante, portanto vale a pena fazer uma boa pesquisa de preços.
 
 
Mas no caso do ipva é um pouco diferente, pois este imposto é tabelado conforme o Estado onde o veículo foi emplacado. A taxa varia de 2.0% até 4.0% para carros zero km. Em Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo fica em 4.0% do preço de tabela do carro para veículos novos.
Mesmo sem mudar no visual externo ele melhora seu custo benefício. Agora com a versão automática ele irá concorrer de vez no mercado de compactos premium. Realmente fica difícil escolher qual é o melhor carro no segmento dos hatches acima de 40 mil reais. 
 

 

 Nome: Arnaldo Silverado Modestti   Idade: 58 anos

Profissão: Diretor Financeiro

Carro que possui: Honda City

Carro testado: 298

Marca: Pegeout

Modelo:Griffe 

Motor: 1.6

Ano: 2015

Valor: R$ 58.990

 

Avaliação | Assinale pontuando de 0 à 5 de acordo com sua avaliação:

 

Combustível:     Gasolina | Etanol | Diesel | x Flex

Consumo: 3

Motor: 5

Acústica do motor: 3

Acústica na cabine: 2

Cambio: 3

Suspensão: 4

Espaço Geral: 3   

Do Motorista: 4

Dos Passageiros: 3

Porta Malas: 2 

Conforto: 4

Acessórios: 5

Acabamento: 5

Design: 5

Confiança na marca: 5

Compraria:   x Sim |    Não

Pontos fortes do Carro:

Acabamento impecável 

Pontos fracos do Carro:

Suspensão, cambio e acústica.

Considerações finais:

O carro é super gostoso de dirigir, compacto e tive facilidade ao estacionar, curti esse carrinho

Pontuação Final: 2 |Dois pontos.

 

Nossa viagem não para, não perca nossa próxima matéria, mais testes, mais histórias, mais você no volante e não esqueça: este espaço é seu, participe através do e-mail: imprensa@portaltopspeed.com.br , e venha avaliar os carros Top Speed, válido apenas para o município de São Paulo.

Fonte: BMW Press

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *