Mitsubishi Motors promove série de cursos no complexo Drive Club
27 de março de 2015
General Motors inicia vendas de bicicletas no Brasil
31 de março de 2015

Amarok 2015 chega ao mercado mais equipada e com novas versões

A Volkswagen Amarok chega ao mercado com a linha 2015, dispondo de recursos inéditos em sua categoria. Os novos modelos já estão chegando às mais de 600 concessionárias da marca.

A versão topo de linha Highline – que já conta com exclusividades no segmento como a tração permanente 4MOTION e a transmissão automática de oito velocidades – pode ser equipada com faróis bixenônio com luzes de condução diurna em LED. Outras novidades são: regulagem elétrica do facho dos faróis, grade dianteira em preto brilhante com filetes duplos cromados e como opcional, novas rodas de liga leve de 19 polegadas.

A Amarok 2015 passa a ser também a única picape média à venda no mercado nacional equipada com faróis de neblina com luz estática para conversão (cornering light), recurso que amplia a área iluminada em curvas feitas em velocidade igual ou inferior a 40 km/h. Sempre que os faróis estiverem ligados (fachos alto ou baixo) e a seta for acionada ou o motorista girar o volante, o farol de neblina do lado correspondente ao que o veículo estiver virando é acionado automaticamente. As configurações Highline e Trendline 2015 contam com essa tecnologia de série.

As demais configurações (Trendline, SE e S) também passam a ser mais equipadas na linha 2015. Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), Assistente de Partida em Subida (HSA), Controle Automático de Descida (HDC) e lanterna traseira de neblina agora são itens de série para todas as versões. A regulagem elétrica de altura do facho dos faróis também passa a ser equipamento “standard” na Amarok Trendline.

Na versão S da picape – oferecida em configurações de cabine simples (com tração 4×4) e de cabine dupla (tração 4×4) – o motor TDI conta com um turbocompressor e tem potência de 140 cv, que surgem a 3.500 rpm. O torque é de 34,7 kgfm, disponível a partir de 1.600 rpm.

Nas versões SE, Trendline, Dark Label e Highline, o motor TDI tem dois turbos, o que eleva sua potência para 180 cv. O torque máximo é de 40,8 kgfm a 1.500 rpm, com o câmbio manual de 6 marchas. Com o câmbio automático de 8 marchas (recurso opcional para a versão Trendline e de série nas configurações Dark Label e  Highline), o torque máximo é de 42,8 kgfm a 1.750 rpm.

Amarok Dark Label

Agora, uma das picapes médias mais avançadas tecnologicamente disponíveis no mercado brasileiro passa a ser oferecida também na série especial Dark Label, com uma imagem ainda mais esportiva e elegante e elementos visuais inéditos.

A novidade, que terá produção limitada a 1.000 unidades, apresenta design especial dominado por elementos em preto fosco: santantônio, estribos laterais, maçanetas, capa dos retrovisores e para-choque traseiro. Completam o visual externo vidros laterais traseiros e vigia escurecidos, novo defletor dianteiro, lanternas traseiras escurecidas, iluminação da placa de licença por LEDs, além dos sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, exclusividade no segmento. Na lateral destaca-se uma faixa decorativa com o logotipo Dark Label nas portas traseiras.

Visualmente, a Amarok Dark Label se distingue das outras versões por seus acessórios exclusivos. Entre eles, são especialmente atraentes as rodas de liga leve “Roca”, com 17 polegadas com pneus 245/45 R17.

No interior, a Amarok Dark Label traz acabamento mais sofisticado, com forração parcial dos bancos em couro Alcantara e tapetes de veludo no assoalho com logotipos.  Manopla das alavancas de câmbio e de freio de estacionamento são revestidos de couro e a moldura do rádio e as saídas centrais de ventilação têm acabamento especial.

A Amarok Dark Label recebe a nova geração de volantes da marca Volkswagen, contando com acabamento diferenciado, detalhes em preto brilhante e revestimento de couro. Com a nova linguagem mundial de estilo, o volante oferece comandos intuitivos dos sistemas de som e de telefonia, assim como do computador de bordo.

Outra inovação do utilitário são os freios ABS com função off-road com  distribuidor eletrônico da força de frenagem (EBD). Esse recurso reforça os freios em estradas não pavimentadas, uma exclusividade que estreia no segmento das picapes compactas de cabine dupla. Ativado pelo botão off-road no painel, o software de controle do ABS e do ESC provoca um curto travamento da roda, criando uma “pequena cunha”, com o material do piso, à frente do pneu, o que ajuda a reduzir o espaço de frenagem nessas condições de piso “solto”.

A Amarok Dark Label vem equipada com um motor de alta tecnologia: o TDI de 2 litros, 4 cilindros e 16 válvulas, com 180 cv, dotado de sistema de injeção direta common-rail e alimentado por dois turbocompressores, com torque máximo de 42,8 kgfm a 1.750 rpm. Essa motorização traz o conceito de “downsizing” com motores de baixa cilindrada com alta potência e torque. Com autonomia próxima de 1.000 quilômetros, graças ao consumo médio reduzido, o abastecimento é realizado com muito menos frequência que o normal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *