Nissan Livina sairá de linha ainda este ano
17 de julho de 2014
Nissan Sentra chega em sua linha 2015 com poucas novidades
20 de julho de 2014

Zero km ou Usado?!

Realmente é uma dúvida que habita a cabeça de muitos brasileiros quando o pensamento em trocar de carro, torna-se fixo. Mas os pensamentos múltiplos em relação a isso não param por ai. Surge a dúvida: Vale a pena comprar um carro zero quilometro, gozar do status de ser o primeiro dono, sentir-se aconchegado com o cheirinho de “tudo novo”, ou vale a pena pagar o mesmo ou até um pouco menos por um modelo usado, muitas vezes pouco rodado, bem conservado e principalmente, de categoria superior e mais completo ?

Realmente muitos brasileiros se deixam levar pela opção do carro zero, e suas vantagens, muitas vezes maiores no psicológico do que realmente práticas. Um modelo zero km, certamente tem tendências a não apresentar problemas (apesar de nos dias de hoje essa afirmação já não ser 100% válida aos mesmos), você poderá escolher os acessórios, e saberá como o carro foi criado, se a manutenção está em dia, etc. Porém a politica de preços praticadas no Brasil, torna seus veículos caros e muitas vezes mal equipados, levando algumas pessoas a optarem por um veiculo Semi-Novo (Carros usados em geral com no máximo 1 ou 2 anos de uso em estado semelhante ou próximo aos de zero km), em busca de mais potência, equipamentos, nível de conforto e segurança.

Fazendo uma breve comparação, na faixa de preço entre 30/45 mil, os veículos brasileiros em geral são Hatchs ou Sedans Compactos em suas configurações de entrada ou intermediárias, que oferecem o necessário ou em outras palavras, simplesmente o básico ou o que se é exigido por normas governamentais: (Air Bags frontais, Abs, Chave reserva, calotas..) chegando a carecer em alguns casos de direção hidráulica ou ar condicionado por exemplo. Pelo mesmo valor, encontra-se em agências multi-marcas ou Showroom de semi-novos de concessionárias, modelos como Honda New Civic e Toyota Corolla entre 2009/2011, em grande maioria, bem conservados e não muito rodados. Mas até ai, onde encontra-se a vantagem do veiculo Usado nessa faixa de preço ?

No caso dos Sedans Japoneses, utilizados como exemplo, oferecem motor 1.8 com cavalaria superior a 136cv, câmbio automático, comando de válvulas variável no escape e admissão, pertencentes a categorias superiores aos compactos mencionados, mais espaço interno, excelente aceitação no mercado e ainda levam a fama de inquebráveis.

Ao fim da matéria, conclui-se que o resultado final para esta dúvida, depende somente da sua condição não somente financeira, como emocional, trocar o cheirinho de carro novo, por mais motor e um custo beneficio mais atrativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *